sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Família a crescer

Contra ventos e marés, apesar dos cortes e incertezas, a verdade é que precisamos de quem nos pague a reforma quando lá chegarmos, não é verdade? Vimos, por isso, dar o nosso contributo para reverter as estatísticas da natalidade já em 2014! 
Lá para inícios de Abril, se Deus quiser, a Luisinha terá uma nova companhia para brincar - e para aprender a partilhar, que bem precisa. Daqui a mês e meio saberei se ganho um aliado masculino ou se fico ainda mais rodeado (e bem) de mulheres. Escusado será dizer que estamos muito felizes!
Fotografia do rebento às 13 semanas (há 2 semanas atrás)
Enviar um comentário