sábado, 26 de outubro de 2013

A Cantina Hindu

Há 5 anos, fomos a um casamento indiano. Foi uma experiência única, com direito a trajes típicos comprados para a ocasião e rituais completamente diferentes dos nossos. Além de termos um grande carinho pelos noivos - em especial a Nayan, com quem tinha partilhado casa - e pelos seus pais, o que nos fez viver esses dias com grande emoção, tivemos o privilégio de ser convidados para o "pacote completo" dos festejos, por termos ido de tão longe. Ou seja, 5 dias seguidos de festas!
O dia do casamento religioso foi o mais exuberante nas roupas e o mais sóbrio nos manjares, como que a sublinhar que o essencial naquele dia não era encher a pança (nos dias seguintes houve discoteca com bar aberto e banquete num hotel). Depois de uma lindíssima cerimónia hindu, que pouco percebi por ser em hindi, mas que se centrava muito na entrega de cada noivo feita pelos seus pais e irmãos aos seus novos sogros e cunhados, foi servido um almoço na cantina do templo. Sóbrio mas muito delicioso, apresentado ao estilo das refeições tradicionais naquele país: uma bandeja redonda com sopa, dal, arroz, molhos e os pãezinhos achatados.
21 Dezembro 2008, Chinmaya Mission Temple, Mumbai
Passados 5 anos e após várias incursões a restaurantes de chicken tikka massala e afins, tivemos esta semana uma experiência que nos lembrou essa refeição. Tinha lido algures a recomendação à Cantina do Templo Hindu em Lisboa, e como estávamos em Telheiras lembrámo-nos de lá dar um salto. Chegámos ao local e parecia abandonado - o templo fechado, uma série de construções por acabar e um ar pouco cuidado - mas uns jovens que ali estavam indicaram-nos o caminho. Descemos umas escadas e descobrimos, por fim, a Cantina.
Uma sala simples, com quadros das divindades hindus e umas mesas de snooker ao fundo. Em cada lugar estava já uma bandeja redonda de metal, com 2 tacinhas, e um copo também de metal. Num português pouco fluente, mas sempre com um sorriso, a senhora mostra-nos a mesa de buffet com uma fantástica sopa de lentilhas, dal de feijão, outro dal de batata, umas bolinhas fritas de lentilhas, arroz "para asmáticos", paparis e chapatis, e 3 molhos de diferentes malaguetas (parece que ao fim-de-semana terá maior variedade). Tudo vegetariano, muito saboroso e só levemente picante. Para beber, um lassi salgado, à base de iogurte, ideal para acalmar o picante, e uma garrafa de água da torneira. À sobremesa trazem-nos uns bolinhos quadrados de farinha de grão, manteiga e açúcar; eu não costumo apreciar muito os doces indianos, mas estes eram óptimos! Para a experiência ser completa, pedimos ainda um chai, o chá com leite e especiarias que é servido a toda a hora na Índia.
Partimos com o estômago contente e muita vontade de voltar. À Cantina e, já agora, também à Índia.
22 Outubro 2013, Cantina da Comunidade Hindu, Lisboa
Cantina da Comunidade Hindu
Al. Mahatma Gandhi, Complexo Comunidade Hindu - 1600-500 Lisboa (mapa)
Aberta de terça a domingo, 12h-14h30 e 20h-22h (fecha às segundas)
Preço: 7,50€ a 10€ por pessoa
Enviar um comentário