quarta-feira, 6 de novembro de 2013

20 anos

Há 20 anos a minha irmã (e madrinha) Isabel casava com o Carlos*, depois de um namoro de 6 anos. Nessa fase era frequente eu entrar como bónus nos programas deles, quando os meus pais não estavam, e talvez por isso o meu cunhado terá sido a pessoa que mais influenciou os meus gostos. O seu único defeito é ser do Benfica.
Lembro-me bem da preparação do casamento, da impressão dos livrinhos da missa e de ir com eles ao José Franco encomendar as casinhas que ofereceram aos convidados. No dia, choveu o tempo todo (e lá diz o ditado...). A noiva chegou 2 horas - DUAS! - atrasada (lembram-se?) à Igreja de Santa Isabel, o que numa era pré-telemóvel deve ter dado umas boas voltas ao estômago do meu cunhado. Com os meus 13 aninhos, fui o "menino das alianças" e pela primeira vez vesti blazer e gravata. Ao almoço, fiquei na mesa com os tios mais novos e o vizinho CP, e terei bebido mais vinho do que a idade recomendava (ainda hoje me acontece). Dançámos bastante e no final os noivos tiveram uma surpresa: o seu bolo sóbrio terá ido parar a outro casamento qualquer, onde certamente o terão achado uma seca, e em troca veio um bolo de cobertura cor-de-rosa cheio de enfeites pirosos!
E assim fiquei "filho único" em casa dos meus pais, por mais 17 anos. O quarto da Isabel transformou-se no "quarto do piano", que se comprou por essa altura. Veio a primeira sobrinha, minha afilhada, que herdou o nome Isabel da mãe, avó e bisavó, e que já está na universidade; a Inês e a Teresa chegaram com menos de 2 anos de diferença entre cada uma, e o João veio 6 anos depois, estava eu já em Londres. Depois de uma primeira década numa casinha de bonecas muito gira, com vista para o Tejo, mudaram-se para uma casa maior, que desde então se tornou ponto de encontro para aniversários e Natais. E estes dois aspectos - os 4 sobrinhos que me deram e a generosidade com que nos recebem - são o que mais tenho a agradecer à Isabel e ao Carlos, e não é pouco!
Parabéns pela família numerosa e feliz! 
Há 4 meses, nos anos da Isabelinha
* Curiosamente, Isabel e Carlos são também os meus pais e os meus sogros!
Enviar um comentário