quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Oração para esta Quaresma

Faz-nos navegar, Senhor, na embarcação da alegria
que deixámos, algures, escondida no meio dos ramos e da folhagem.
Torna-nos disponíveis para as viagens longas,
como são sempre as do coração:
que viajemos na rota das palavras reencontradas,
as conversas reveladoras, sem mapa preciso,
como o trajecto dos pássaros, de repente, felizes.
Que nenhum ressentimento ou mágoa
desaperte em nós o nó apertado
que nos liga ao amor e à amizade.
Ajuda-nos, antes, a acolher a força trémula e fortíssima da Vida
que perdura em nós
como um chamamento incessante.
Afasta-nos do tempo interrompido, opaco
onde experimentamos a negação
de nós próprios e de Ti.
E que cada dia assinale
a descoberta profunda de nós mesmos e dos outros
na certeza da Tua presença.


José Tolentino de Mendonça
Enviar um comentário