segunda-feira, 6 de outubro de 2014

O Manel foi baptizado!

O nome Manuel estava escolhido desde a primeira gravidez. Só não sabíamos o que lhe pôr mais. A Maria não quis Manuel Maria, eu vetei Manuel Tiago. Várias tentativas depois, a Maria propôs: "e se for Manuel Francisco?" Já tínhamos um sobrinho Francisco, e só por isso não tinha sido escolha para primeiro nome, mas assim era diferente e despachávamos de uma assentada os dois nomes preferidos. Se Manuel tinha qualquer coisa de sucessório (eu sou Tiago Manuel, o meu pai Carlos Manuel), Francisco lembrava-me o actual Papa e o santo de Assis. Assim ficou.


Quando, no próprio dia do nascimento, convidámos (via Skype) para padrinho o irmão da Maria, que vive no Brasil, ficou assente que a data do baptizado dependeria da sua próxima vinda à Europa, em trabalho. Disse-nos depois que viria no primeiro fim-de-semana de Outubro, portanto o baptizado ficava para sábado, dia 4. Fui ver, por curiosidade, qual era o santo desse dia: São Francisco de Assis. Perfeito!


Foi, portanto, sob a égide do seu santo que o Manel recebeu o Baptismo, na novíssima (e belíssima) igreja do Parque das Nações, paróquia da minha irmã, que foi madrinha. O Padre Paulo, amigo da família, recebeu-nos muito bem. O meu sobrinho João (aka Mini-Me) foi acólito e o meu irmão liderou o coro familiar.


Seguiu-se um simpático almoço oferecido pelos meus sogros na sua casa do Cartaxo. A Luísa estava radiante na festa do mano e a mãe do festejado estava uma brasa!

Enviar um comentário