segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

P365 - 053

Conheci o Pe. Abel Bandeira no Pragal, onde ele fundou uma comunidade de jesuítas nos bairros sociais. Ao longo destes anos o MSV tem lá dado algum apoio e o meu Pai também já lá deu explicações, por isso eu fui passando por lá e sempre me senti próximo dele. Tenho grande admiração pela sua simplicidade - lembro-me de o ver de viola no altar, a puxar por uma comunidade onde toda a gente canta (coisa rara) - e confio na sua capacidade de orientação - julgo que tem bastante responsabilidade na lapidação da vocação de dois grandes amigos meus. 
Com todas estas boas referências, fico muito contente por o ter, desde hoje, como orientador espiritual - alguém com quem me encontro mensalmente para falar da vida e da Fé, e para ser orientado. Começa aqui um trabalho a três: eu, ele e Ele.
Enviar um comentário